Publicidade

Estado de Minas

Ministra do Equador é eleita presidente da Assembleia Geral da ONU


postado em 05/06/2018 15:54

São Paulo, 05 - A ministra de Relações Exteriores do Equador, Maria Fernanda Espinosa, foi eleita presidente da 73ª sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (AGNU).

Espinosa, de 53 anos, será a quarta mulher a ocupar a presidência da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas em 73 anos. Três meses depois de anunciar sua candidatura, a experiente diplomata recebeu 128 votos dos 193 Estados que compõem a ONU.

Temas como direitos humanos, igualdade, alterações climáticas, imigração segura e uma política de portas abertas para todos os Estados-Membros serão alguns dos elementos-chave do seu mandato.

(Niviane Magalhães, com informações da Dow Jones Newswires)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade