Publicidade

Estado de Minas

Cuba e Google buscam melhoras em conectividade


postado em 04/06/2018 22:30

As autoridades cubanas receberam nesta segunda-feira um importante executivo do Google, empresa que renovou seu interesse em melhorar a conectividade à internet na ilha, apesar dos "retrocessos" nas relações entre Washington e Havana.

O ex-presidente-executivo da companhia e atual membro de sua direção, Eric Schmidt, chegou a Cuba acompanhado pelo senador republicano Jeff Flake, do Arizona, um conhecido entusiasta da reaproximação entre ambos os países.

Schmidt foi recebido pelo presidente Miguel Díaz-Canel, com quem conversou "sobre o estado das relações entre Cuba e os Estados Unidos, assim como possíveis áreas de cooperação", disse um comunicado oficial.

Trata-se da primeira delegação americana a se reunir com o sucessor de Raúl Castro desde que este assumiu seu mandato, em 19 de abril, dando início a uma nova era na ilha socialista.

"Foi uma reunião amistosa com o presidente. Ele é engenheiro e sabe do que Cuba precisa e dos benefícios de uma melhor conexão", disse Flake em uma coletiva ao fim do encontro.

Em Cuba, pouco mais de 4 milhões de pessoas - quase 40% de sua população - contam com acesso à internet de forma limitada, em praças públicas e zonas wi-fi. A empresa estatal de telefonia já realiza testes para implementar o serviço de dados nos celulares.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade