Publicidade

Estado de Minas

Emboscada na RCA deixa um capacete azul morto e sete feridos


postado em 04/06/2018 18:30

Um capacete azul - soldado da ONU - morreu e outros sete ficaram feridos quando sua patrulha sofreu uma emboscada de homens armados na República Centro-africana, informaram funcionários das Nações Unidas nesta segunda-feira (4).

O porta-voz da organização, Stephane Dujarric, relatou que homens armados, aparentemente pertencentes à milícia Siriri, atacaram a patrulha no domingo no povoado de Dilapoko, sudoeste do país.

Um dos feridos se encontra em estado crítico no hospital de Bangui e outros três têm ferimentos graves, acrescentou.

Outros três capacetes azuis da missão MINUSCA, que conta com doze mil homens mobilizados no país, são tratados na cidade de Berberati.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou o ataque, que elevou a quatro o número de capacetes azuis assassinados na República Centro-africana este ano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade