Publicidade

Estado de Minas

Esqueleto de dinossauro carnívoro é vendido por U$ 2,3 milhões em Paris


postado em 04/06/2018 18:00

O esqueleto de um tipo pouco comum de terópode carnívoro foi vendido nesta segunda-feira (4) por mais de dois milhões de euros (2,3 milhões de dólares) em um leilão celebrado na Torre Eiffel, o monumento símbolo de Paris.

Os ossos do que os cientistas acreditam ser "provavelmente uma nova espécie" parecida ao alossauro, um tipo de dinossauro carnívoro e bípede, foram encontrados durante escavações em 2013 no Wyoming (Estados Unidos).

O esqueleto, de 150 milhões de anos, 70% intacto, foi adquirido por 2,01 milhões de euros por um colecionador de arte francês anônimo, que prometeu emprestá-lo a um museu da França.

O dinossauro, com mais de 9 m de comprimento por 2,6 m de altura, viveu no período Jurássico, informou Eric Mickeler, da casa de leilões Aguttes.

Ele informou que era "o único em sua espécie" descoberto até agora.

O especialista Eric Geneste havia destacado à AFP que é impossível "classificar o esqueleto de alossauro" pois é mais robusto, "com ombros mais largos e um número diferente de dentes".

"Há tantas diferenças entre este dinossauro e um alossauro como entre um ser humano e um gorila", acrescentou.

Houve interessados do Japão e da Suécia que tentaram adquirir o esqueleto em lances por telefone, com lances acima da estimativa de 1,8 milhão de euros.

A mesma casa de leilões francesa vendeu um alossauro chamado Kan por 1,1 milhão de euros em 2016.

Mickeler destacou que os "herbívoros não encantam tanto os compradores quanto os carnívoros".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade