Publicidade

Estado de Minas

Membro do Banco da Inglaterra se desculpa por falar de economia na 'menopausa'


postado em 16/05/2018 09:06

Um alto funcionário do Banco da Inglaterra pediu desculpas nesta quarta-feira por afirmar que a economia britânica está na "menopausa" depois de ter ultrapassado seu pico de produtividade.

Ben Broadbent, vice-governador de política monetária do banco central, disse ao The Daily Telegraph que a economia estava passando por uma queda de produtividade jamais vista desde o final do século XIX.

O funcionário explicou que os economistas falam em "climatério" para se referir àqueles momentos em que a produtividade se estagna, o que não é outra coisa que uma "menopausa, mas para ambos os sexos".

Broadbent pediu desculpas nesta quarta-feira.

"Sinto muito pela má escolha de palavras na entrevista com o Telegraph (...) e lamento a ofensa causada", disse Broadbent, segundo um comunicado do banco central.

"A produtividade econômica é algo que afeta cada um de nós, de todas as idades e sexos", acrescentou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade