Publicidade

Estado de Minas

Empresa americana Kellogg interrompe operações na Venezuela


postado em 15/05/2018 13:48

A empresa americana de alimentos Kellogg encerrou, nesta terça-feira, suas operações na Venezuela, onde sua fábrica amanheceu fechada, surpreendendo funcionários, segundo um comunicado e relatos da imprensa local.

"Informamos que a Alimentos Kellogg Venezuela se viu forçada a encerrar suas operações no país com efeitos a partir de hoje, 15 de maio de 2018", aponta o texto.

Ela acrescentou que o pagamento dos salários "foi devidamente depositado nas contas" dos trabalhadores. Segundo a imprensa, a medida afetaria cerca de 400 funcionários.

O comunicado foi afixado na porta fábrica da empresa na cidade de Maracay, estado de Aragua, 130 km a oeste de Caracas.

Dezenas de funcionários da empresa - que produz cereais e biscoitos - ficaram na entrada, sem fazer declarações à imprensa.

No anúncio, a Kellogg não detalhou os motivos do fechamento na Venezuela - onde operava há 50 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade