Publicidade

Estado de Minas

Duas pessoas são presas na França por atentados de 2017 na Catalunha


postado em 15/05/2018 09:12

Os serviços de inteligência da França prenderam nesta terça-feira dois homens ligados a um suspeito detido na investigação dos ataques terroristas em Barcelona e Cambrils em 2017, informaram fontes concordantes.

Os indivíduos foram colocados em prisão preventiva após terem sido detidos no departamento de Haute-Garonne, no sudoeste da França, indicou uma fonte judicial.

De acordo com pessoas próximas à investigação, os detidos são parentes de um homem preso em Albi por seu vínculo com Driss Oukabir, membro da célula responsável pelos ataques que causaram 16 mortos e mais de 120 feridos em 17 e 18 de agosto de 2017 na Catalunha.

Os documentos de Driss Oukabir, um marroquino de 29 anos acusado pela justiça espanhola, foram usados para alugar a van usada durante o ataque em Las Ramblas, em Barcelona. Ele é o irmão mais velho de Moussa, de 17 anos, que a polícia matou junto com outros quatro jovens durante o ataque de Cambrils.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade