Publicidade

Estado de Minas

Jamaah Ansharut Daulah, rede terrorista por trás dos atentados na Indonésia


postado em 14/05/2018 15:48

A Indonésia foi sacudida por uma onda de atentados mortais, obra, segundo a Polícia, do movimento extremista islamita Jamaah Ansharut Daulah (JAD), rede que jurou lealdade ao grupo Estado Islâmico (EI).

- Quando nasceu? -

Fundado em 2015, o JAD ficou conhecido em janeiro de 2016 por causa dos ataques armados e atentados suicidas cometidos em Jacarta, nos quais quatro civis foram mortos, além de quatro agressores.

A rede é uma fusão de mais de vinte grupos indonésios extremistas que juraram lealdade ao líder do EI, Abu Bakr Al Baghdadi, segundo o Departamento de Estado dos Estados Unidos.

Seu líder espiritual é Aman Abdurrahman, suspeito de ser o mentor dos ataques de Jacarta e que está atrás das grades há anos. Ele é considerado o líder de fato de todos os simpatizantes do EI na Indonésia.

- Quais atentados cometeu? -

Além dos ataques em Jacarta, os primeiros reivindicados pelo EI no Sudeste Asiático, o JAD realizou um atentado suicida no ano seguinte em que três policiais morreram e dezenas de pessoas ficaram feridas em uma rodoviária lotada de Jacarta. O Estado Islâmico também reivindicou a responsabilidade por esse ataque.

A polícia acredita que o JAD está envolvido em uma série de outros ataques e tentativas na Indonésia, incluindo um atentado com bomba em uma igreja, no qual uma criança morreu, e uma tentativa frustrada de atentado suicida no Natal, quando os extremistas envolvidos foram mortos.

- Qual o modus operandi empregado em Surabaya? -

Os atentados de domingo e segunda-feira em Surabaya foram cometidos por famílias.

O de domingo, realizado contra igrejas, resultou em 12 mortos, incluindo os seis membros da família terrorista.

Quatro membros de outra família morreram em seu ataque a uma delegacia de polícia. Apenas um membro da família, uma menina, sobreviveu ao ataque.

Uma terceira família, cujos membros morreram na explosão em um apartamento na periferia da cidade, também fazia parte do JAD, segundo a polícia. Os agentes acreditam que a explosão foi devido a uma detonação prematura de uma bomba.

- Qual a sua relação com o EI? -

O grupo EI assumiu a responsabilidade por vários ataques recentes na Indonésia, o país muçulmano mais populoso do mundo. A maioria foi cometida pelo JAD.

Mas a estrutura do JAD e suas conexões com o grupo EI não estão claramente estabelecidas.

De acordo com o Instituto para Análise Política de Conflitos, o JAD é "na verdade um termo genérico usado para os partidários do grupo Estado Islâmico, independentemente de quem sejam". Funciona mais como uma organização guarda-chuva do que como um grupo coeso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade