Publicidade

Estado de Minas

Homens armados matam 23 pessoas no Burundi


postado em 12/05/2018 10:00

Homens armados mataram pelo menos 23 pessoas na sexta-feira à noite (11), em um ataque a uma aldeia do noroeste de Burundi - informou uma fonte local neste sábado (12).

"Contabilizamos 23 mortos, homens, mulheres e crianças, mas o balanço pode aumentar, porque continuamos procurando para ver se há mais vítimas", disse à AFP essa fonte que pediu para não ser identificada.

Segundo várias testemunhas, dez pessoas ficaram feridas no ataque de um grupo de homens armados com fuzis e armas brancas. Eles também atearam fogo a casas em uma aldeia da província de Cibitoke, fronteiriça com a República Democrática do Congo (RDC) e com Ruanda.

"Esses criminosos foram de casa em casa e cometeram uma verdadeira chacina. Algumas das vítimas foram degoladas, outras, abatidas com fuzis (...) Há, inclusive, uma família inteira queimada viva em sua casa", completou a mesma fonte.

Ainda não se sabe os motivos do massacre, nem a identidade dos agressores que, de acordo com vários moradores, seguiram na direção da República Democrática do Congo.

O Burundi realiza, em 17 de maio, um polêmico referendo constitucional que pode permitir ao presidente Pierre Nkurunziza se manter no poder até 2034.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade