Publicidade

Estado de Minas

Petrolífera venezuelana PDVSA reage a tomada de ativos por ConocoPhillips


postado em 10/05/2018 16:06

A estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA) recusou nesta quinta-feira (10) a tomada de seus ativos no Caribe por parte da ConocoPhillips, depois que a companhia americana ganhou um litígio internacional por 2 bilhões de dólares.

"A PDVSA rejeita contundentemente as ações adiantadas pela empresa americana ConocoPhillips de tomar os ativos da estatal petrolífera venezuelana no Caribe", apontou uma nota do ministério do Petróleo.

Em 25 de abril, o tribunal de arbitragem da Câmara de Comércio Internacional (ICC, na sigla inglês e com sede em Paris), apontou que a PDVSA violou contratos com a expropriação de ativos da ConocoPhillips em dois campos de petróleo em 2007.

A petrolífera norte-americana está "fazendo cumprir a decisão (...) em quatro locações do Caribe", confirmaram à AFP fontes empresariais, sem precisar as instalações.

Segundo a imprensa, os ativos afetados estão em Curaçao, Bonaire e Santo Eustáquio.

"Buscaremos todas as vias legais disponíveis para obter uma compensação completa e justa por nossos investimentos expropriados na Venezuela", expressou a ConocoPhillips em comunicado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade