Publicidade

Estado de Minas

Explosão em mercado na Somália deixa 11 mortos


postado em 09/05/2018 17:12

Pelo menos 11 pessoas foram mortas e dez ficaram feridas nesta quarta-feira (9) na explosão em um mercado muito frequentado de uma pequena cidade localizada ao norte de Mogadíscio, segundo uma fonte de segurança e o relato de testemunhas.

"Nós confirmamos a morte de 11 pessoas e mais de dez outras ficaram feridas na explosão", declarou à AFP por telefone Mohamed Abdikarim, encarregado da segurança regional.

As fontes consultadas pela AFP desconheciam nesta quarta-feira se a explosão foi provocada por um terrorista suicida ou por um dispositivo explosivo dissimulado no mercado de Wanlaweyn, uma cidade pequena localizada cerca de 70 km ao norte de Mogadíscio.

"Alguns feridos se encontram em estado muito grave e deram entrada no hospital de Wanlaweyn", acrescentou a fonte de segurança.

A explosão ocorreu por volta do meio-dia, um horário de forte afluência no mercado, aonde vários fregueses vão para comprar o khat, uma planta estimulante muito apreciada entre os somalis.

As folhas de khat, um arbusto que cresce na África oriental e na Península arábica, devem ser mastigadas longamente para produzir os efeitos estimulantes, similares aos provocados pelas anfetaminas.

"Havia muita gente no mercado quando ocorreu a explosão. Nós não temos todas as informações, porém mais de dez pessoas foram mortas e muitas outras ficaram feridas", reportou à AFP um morador.

"O mercado virou um caos. Há mortos, feridos. Eu vi corpos destroçados de civis e havia também membros das forças de segurança entre as vítimas", descreveu outra testemunha, Mohamed Dahir.

O atentado não teve a autoria reivindicada até a noite de quarta-feira. Mas quase todos os ataques deste tipo na Somália são cometidos por insurgentes islamitas radicais shebab, presentes nesta região do país.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade