Publicidade

Estado de Minas

Chefe interino da Ordem de Malta é eleito 'grão-mestre' pelo resto da vida


postado em 02/05/2018 16:36

O chefe interino da Ordem de Malta, Giacomo Dalla Torre del Tempio di Sanguinetto, foi eleito nesta quarta-feira (2) "grão-mestre" pelo resto da vida.

Seu antecessor renunciou ao cargo em 2017 após uma crise interna.

Aos 74 anos, este nobre italiano dirige a Ordem de Malta desde abril de 2017, depois de ser escolhido por um ano com o objetivo de adotar uma reforma apoiada pelo papa Francisco, embora até agora não tenha ocorrido.

Fra' Giacomo, especialista em História da Arte medieval e anteriormente professor de Grego Antigo, se tornou o 80º "grã-mestre" nos nove séculos de existência da Ordem.

A eleição aconteceu em Villa Magistral, na colina de Aventino, em Roma, que pertence à Ordem soberana de Malta desde o fim do século XIV, e goza do direito de extraterritorialidade.

Um total de 57 eleitores foram selecionados para participar da votação, entre eles duas mulheres, presidentes de associações nacionais, pela primeira vez na história da Ordem.

Esta organização, fundada em Jerusalém e reconhecida pelo papa em 1113, é uma ordem católica, uma poderosa estrutura de caridade e é reconhecida pelas nações como um sujeito do direito internacional.

Conta atualmente com 13.500 cavalheiros, 56 deles religiosos, para continuar a obra humanitária com 100 mil trabalhadores ou voluntários presentes em 120 países.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade