Publicidade

Estado de Minas

Trump volta a lançar contra ex-chefe do FBI James Comey


postado em 15/04/2018 13:12

Donald Trump lançou novamente neste domingo (15) contra James Comey, poucas horas antes de ser transmitida uma longa entrevista na televisão com o ex-diretor do FBI sobre sua interação com o presidente americano.

Em um dos trechos da entrevista adiantados pela emissora ABC, Comey reconheceu que sua convicção de que Hillary Clinton ganharia as eleições presidenciais de 2016 influenciou em sua forma de manejar a investigação sobre ela enquanto ocupava o cargo.

Os trechos provocaram neste domingo outra furiosa série de tuítes de Trump. "Ele tomou decisões pensando que ela ia ganhar e queria um trabalho. Canalha!", escreveu em um deles.

"Nunca pedi lealdade pessoal a Comey. Sequer conhecia ele. É somente outra de suas muitas mentiras. Seus 'memorandos' são de autosserviço e FALSOS!", lançou em outro.

Comey foi demitido abruptamente em maio 2017 por Trump, insatisfeito com a investigação de um possível conluio de sua equipe de campanha em 2016 com Moscou para prejudicar sua adversária democrata.

Na entrevista, o ex-chefe do FBI diz que sua decisão de anunciar que reabriria a investigação sobre o uso de Hillary de um servidor de e-mail privado quando eu era secretária de Estado, 11 dias antes das eleições, tinham a intenção de assegurar a legitimidade da eleição.

As declarações para a ABC são adicionadas se somam ao que Comey relata nas memórias que acaba de publicar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade