Publicidade

Estado de Minas

General Motors vai eliminar mais de mil vagas nos EUA


postado em 13/04/2018 18:54

A General Motors (GM) vai eliminar mais de mil vagas em uma fábrica de produção americana para se adaptar à desaceleração da demanda por sedãs e carros urbanos nos Estados Unidos, afirmou a empresa nesta sexta-feira (13).

Os cortes serão feitos na fábrica de Lordstown, em Ohio (nordeste), onde a GM produz o Chevrolet Cruze, um sedã cujas vendas podem ficar estagnadas neste ano, após terem caído 32% nos últimos quatro anos.

A fábrica de Lordstown produz apenas o Chevy Cruze e tem pouco menos de 3 mil funcionários, divididos em duas equipes. A partir de meados de junho, apenas uma continuará, informou o grupo, que já demitiu uma equipe desta fábrica no ano passado.

A medida de austeridade, que afetará cerca de 1.500 pessoas, é explicada pelo fato de os americanos estarem deixando de lado carros "pequenos" em benefício dos "grandes".

"O mercado dos carros pequenos está em queda constante desde 2014" e "temos que reduzir fortemente a produção durante semanas para nos adequarmos à demanda de veículos compactos", afirmou o maior grupo automobilístico americano, lembrando que o segmento continua representando, apesar disso, 36% das vendas de carros no país.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade