Publicidade

Estado de Minas

Decisão final sobre Síria pode não ser um ataque, diz Casa Branca


postado em 11/04/2018 20:24

São Paulo, 11 - A porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, afirmou há pouco em coletiva de imprensa que a "decisão final" do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a Síria pode não ser um ataque. "Todas as opções, inclusive a diplomacia, estão na mesa", disse a secretária de imprensa.

A fala de Sarah ameniza o tom usado por Trump mais cedo. Pela manhã, o presidente americano afirmou no Twitter que a "Rússia tem de se preparar, pois haverá mísseis sobre a Síria". O Kremlin é apoiador do regime de Bashar Assad e se opõe a uma resposta militar contra o país, que é acusado de ter feito um ataque químico que matou ao menos 70 pessoas no reduto rebelde de Douma. Moscou respondeu e disse que não faz "tuíte-diplomacia".

Sarah Sanders disse, porém, que a posição do presidente sobre a Rússia está muito clara e não deixou de usar uma retórica dura contra o Kremlin. "Moscou falhou em garantir segurança contra ataques químicos na Síria e protege Assad de seus crimes", afirmou.

A porta-voz afirmou ainda que os EUA "consideram que a Rússia e a Síria fizeram ataque químico a Douma", mas que não há um calendário preestabelecido para o caso. "Vamos manter até lá contato permanente com nossos aliados como Reino Unido, Arábia Saudita e França", disse.

(Mateus Fagundes)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade