Publicidade

Estado de Minas

Macron diz que irá decidir resposta a ataque químico na Síria nos próximos dias


postado em 10/04/2018 19:48

Beirute, 10 - O presidente da França, Emmanuel Macron, disse que seu governo irá decidir nos próximos dias com os Estados Unidos e o Reino Unido como responder a um suposto ataque com armas químicas em solo sírio. Nesta terça-feira, Macron comentou que deseja uma "forte e conjunta resposta" ao ataque na cidade de Douma, que ativistas sírios e equipes de resgate dizem ter matado 40 pessoas. Os EUA e seus aliados acusam o governo da Síria, que nega responsabilidade.

Perguntado se a França tomaria medidas militares em resposta ao ataque em Douma, Macron afirmou que a França continuará discutindo informações técnicas e estratégicas com aliados americanos e britânicos "e nos próximos dias anunciaremos nossa decisão".

Ele comentou, também, que qualquer ação iria "atingir armas químicas" e reiterou que o uso de armas químicas na Síria é uma "linha vermelha" para a França.

Durante a noite, de acordo com o Le Figaro, Macron colocou jatos de combate preparados para qualquer participação necessária em ataques aéreos na Síria na Base Aérea Saint-Dizier. Fonte: Associated Press.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade