Publicidade

Estado de Minas

Trump volta a defender acordos "justos" e diz que agricultores serão compensados


postado em 09/04/2018 13:54

São Paulo, 09 - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a defender hoje acordos comerciais "justos", destacando que houve a chance de um entendimento em relação ao Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), sem, no entanto, dar detalhes sobre as negociações que estão em andamento.

Durante uma reunião com sua equipe de governo, Trump afirmou que irá compensar os agricultores americanos caso eles sejam impactados pelas tarifas de retaliação propostas pela China - uma resposta às tarifas anunciadas recentemente pelos EUA.

O presidente americano ainda fez comentários sobre os planos de construção de um muro na divisa com o México, observado que as fronteiras dos EUA são fortes hoje, mas podem ficar ainda mais fortes depois desta obra.

Em relação às negociações esperadas com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, Trump comentou que as conversas podem ocorrer em maio ou no começo de junho.

Já sobre o suposto ataque com arma química na Síria, Trump classificou-o como "hediondo" e disse que uma "grande decisão" deverá ser tomada em até 48 horas. Questionado se haveria a possibilidade de uma resposta militar, Trump respondeu que nada está descartado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade