Publicidade

Estado de Minas

Diretor de investimento do Deutsche Bank abriu conversas para deixar instituição


postado em 07/04/2018 17:24

Nova York, 07 - O co-diretor do banco de investimentos do Deutsche Bank AG, Marcus Schenck, está em conversas para deixar a companhia já no próximo mês, de acordo com uma fonte próxima do assunto. Schenck era observado por investidores e outras pessoas próximas ao banco como um dos cinco potenciais candidatos internos a assumir, algum dia, o cargo de CEO.

No meio de março, o executivo teria dito a funcionários do banco que não gostava do rumo que a estratégia do Deutsche Bank apontava, inclusive para o próprio banco de investimentos, declararam fontes. Uma das fontes ressaltou que Schencke já havia expressado o desejo de deixar a empresa.

O Deutsche Bank não quis comentar a informação em nome do executivo. Já o porta-voz do conselho de supervisão da entidade não foi encontrado para dar uma posição.

O executivo chegou ao Deutsche Bank em janeiro de 2015 e assumiu a posição de co-diretor do banco de investimentos após atuar como diretor financeiro (CFO) da entidade. Fonte: Dow Jones Newswires.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade