Publicidade

Estado de Minas

Congresso deve lidar com violência causada por armas nos EUA, diz Mnuchin


postado em 15/02/2018 14:12

São Paulo, 15 - O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, qualificou o ataque a tiros em uma escola na Flórida ocorrido no dia anterior como uma "tragédia" e pediu que o Congresso "olhe para essas questões". Durante depoimento na Comissão de Meios e Recursos da Câmara dos Representantes, Mnuchin disse que não tinha propostas a fazer nesse aspecto, já que a violência causada pelas armas estaria "fora de sua alçada".

Mas o secretário afirmou ao deputado John Lewis, um democrata da Geórgia, que iria falar com o presidente americano, Donald Trump, e com outros membros do gabinete sobre as preocupações expressadas pela oposição no Legislativo sobre a violência causada pelas armas.

A declaração de Mnuchin marca uma distância com a posição do próprio Trump, que reluta em realizar mudanças no controle de armas nos EUA. Em mensagem mais cedo, Trump qualificou o autor do ataque como "mentalmente perturbado" e disse que os vizinhos e colegas de classe precisariam ter reportado o comportamento "mau e errático" do suspeito antes do ataque, mas não tratou da questão pelo ângulo do controle de armas no país. Já a oposição democrata pede maiores controles.

(Gabriel Bueno da Costa, com agências internacionais)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade