Publicidade

Estado de Minas

Morre o principal doador da Igreja búlgara, um mendigo centenário


postado em 14/02/2018 15:36

O mendigo e o mais generoso doador da Igreja búlgara, o "Avô" Dobri, figura muito querida por inúmeros fiéis, morreu na terça-feira aos 103 anos, anunciou nesta quarta-feira (15) a Igreja ortodoxa.

O "Avô" Dobri Dobrev, cujo nome vem da palavra "bondade" e a quem muitos búlgaros qualificam como santo, dedicou-se durante décadas a recolher dinheiro para a restauração das igrejas.

Com sua longa barba banca, sempre vestindo um manto preto, mendigava em particular na grande catedral de Sófia, Alexandre Nevski, para qual doou mais de 40.000 levs (cerca de 20.000 euros).

Vários mosteiros e igrejas do país confirmaram ter recebido entre 2.500 a 10.000 euros cada um.

Na Bulgária, país onde a corrupção é um problema endêmico, "Avô" Dobri se tornou muito popular graças aos meios de comunicação e às redes sociais, que têm prestado homenagens a sua generosidade desinteressada. Seu retrato segurando uma vela, obra de grafiteiros, decora uma parede de um edifício de dez andares localizado no leste de Sófia.

Seus admiradores querem sua canonização.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade