Publicidade

Estado de Minas

Coreia do Norte diz não poder pagar dívida na ONU por causa de sanções


postado em 12/02/2018 21:24

A Coreia do Norte afirma que não pode pagar uma dívida de US$ 121.500 à ONU em razão das sanções impostas pelo Conselho de Segurança em 2017, informou nesta segunda-feira um porta-voz das Nações Unidas.

Pyongyang declara que não pode transferir o dinheiro porque o Banco de Comércio Exterior, que administra a maioria das transações em moedas estrangeiras, foi afetado pelas restrições estabelecidas em agosto do ano passado.

A missão diplomática norte-coreana na ONU denunciou em um comunicado que essas sanções são "ilegais" e impedem que "honre suas obrigações como Estado-membro da ONU".

A organização internacional prometeu "trabalhar em conjunto para encontrar uma forma de pagamento", explicou o porta-voz Stephane Dujarric.

Uma solução seria a Coreia do Norte abrir uma conta na instituição bancária UN Federal Credit Union, utilizada pela maioria dos funcionários da ONU.

Os países que não pagam suas dívidas com as Nações Unidas podem perder seu direito de voto na Assembleia Geral.

Atualmente oito países estão em débito: República Centro-Africana, Dominica, Guiné Equatorial, Granada, Líbia, Suriname, Venezuela e Iêmen.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade