Publicidade

Estado de Minas

Detidos 48 supostos extremistas na Turquia por planejarem atentados


postado em 10/02/2018 14:12

Funcionários da unidade antiterrorista de Istambul e Ancara prenderam 48 supostos membros do grupo Estado Islâmico (EI) suspeitos de planejar ataques, informaram meios estatais neste sábado (10).

A Polícia deteve 31 estrangeiros que foram detidos em batidas antiterroristas em Istambul, disse a agência de notícias estatal Anadolu, sem especificar suas nacionalidades.

A agência acrescentou que acredita que os detidos estavam preparando um atentado.

Outras 17 pessoas foram detidas em Ancara por suas supostas ligações com o EI e também foram acusadas de planejarem um ataque, indicou a agência neste sábado, sem detalhar para quando estariam preparando os supostos atentados.

A Turquia sofreu uma série de ataques terroristas em 2015, 2016 e 2017 atribuídos ao Estado Islâmico e militantes curdos que deixaram centenas de mortos.

O último atentado reivindicado pelo EI aconteceu em janeiro de 2017, quando um homem armado matou 39 pessoas em uma boate em Istambul durante a comemoração do Ano Novo.

Desde então, a Polícia realiza frequentemente batidas contra o Estado Islâmico em todo o país, que nesta oportunidade incluiu na quarta-feira a província de Samsun, onde detiveram seis iraquianos suspeitos de pertencer ao EI.

O ministro da Justiça, Abdulhamit Gul, disse neste sábado que a Turquia prendeu ou condenou 1.354 suspeitos de integrarem o Estado Islâmico.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade