Publicidade

Estado de Minas

Luta contra a corrupção será tema central da Cúpula das Américas


postado em 10/02/2018 00:30

A luta contra a corrupção será o tema central da Cúpula das Américas, que será realizada em abril em Lima, disse nesta sexta-feira o secretário-geral da OEA, Luis Almagro, que considerou este mal uma "doença bacteriológica" na região.

"A corrupção é definitivamente a doença bacteriológica que mais afetou os sistemas políticos da região, temos que erradicar o vírus", disse Almagro em uma declaração conjunta com o presidente Pedro Pablo Kuczynski, na chancelaria peruana.

"A luta contra a corrupção é o tema da cúpula, é um tema essencial no continente", que "se baseia nos pilares fundamentais do estado de direito", indicou o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), que está em Lima para os preparativos da cúpula.

Vários países do continente foram afetados pelo escândalo de corrupção no caso Lava Jato.

A construtora Odebrecht admitiu que pagou subornos no Peru no valor de 29 milhões de dólares entre 2005 e 2014, e que pagou quase cinco milhões de dólares por assessorias a empresas vinculadas a Kuczynski entre 2004 e 2013, provocando uma crise que levou o presidente à beira da destituição.

"Vimos resultados firmes do presidente Kuczynski na luta contra a corrupção, é algo que demonstra valentia, firmeza e liderança", disse.

Em referência ao indulto que Kuczynski concedeu ao ex-presidente Alberto Fujimori em dezembro, causando protestos e uma demanda na Corte Interamericana de Direitos Humanos, Almagro lembrou que em 2 de novembro falou com o presidente peruano em Buenos Aires sobre a iniciativa.

"Obviamente era consciente dos riscos que isso tinha, sua decisão foi corajosa!", acrescentou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade