Publicidade

Estado de Minas

Chefe das Forças Armadas da Coreia do Norte é destituído


postado em 09/02/2018 13:30

Os meios de comunicação norte-coreanos confirmaram nesta sexta-feira a destituição por corrupção do chefe das Forças Armadas, Hwang Pyong So.

Na véspera, fontes sul-coranas haviam afirmado que Hwang Pyon So havia sido destituído por corrupção.

Em um comunicado sobre o desfile militar da véspera, a agência norte-coreana KCNA apresentou o ministro das Forças Armadas, Kim Jong Gak, como vice-marechal e diretor do Birô Político Geral, posto anteriormente ocupado por Hwang.

O Birô Político Geral é a instituição militar mais poderosa da Coreia do Norte, encarregado do desenvolvimento da carreira dos oficiais e do controle ideológico dos soldados.

Hwang foi destituído e enviado para um centro de reeducação do partido, afirmou o Serviço Nacional de Inteligência da Coreia do Sul.

A imprensa sul-coreana afirmou que Hwang foi acusado de ter aceitado subornos.

Ex-vice-presidente da Comissão Nacional da Defesa, Hwang Pyong So foi considerado durante um tempo como o segundo nome mais poderoso da Coreia do Norte, depois de Kim Jong Un.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade