Publicidade

Estado de Minas

Martin Schulz desiste de ser chefe da diplomacia alemã


postado em 09/02/2018 11:42

O líder do partido social-democrata alemão, Martin Schulz, anunciou nesta sexta-feira (9) que não irá se tornar ministro das Relações Exteriores no próximo governo de Angela Merkel, último episódio do imbróglio político na Alemanha.

"Declaro que renuncio a minha entrada no governo", escreveu num comunicado, depois de ter reivindicado na quarta-feira o posto de chefe da diplomacia como parte de um acordo de coalizão com Merkel.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade