Publicidade

Estado de Minas

Neto de Francisco Franco condenado a 30 meses de prisão na Espanha


postado em 08/02/2018 19:30

O neto mais velho do falecido ditador espanhol Francisco Franco foi condenado nesta quinta-feira a 30 meses de prisão por ter arremetido deliberadamente contra um veículo da Guarda Civil durante uma perseguição em 2012, informou uma fonte judicial.

Uma juiz em Teruel (leste) condenou Francisco Franco Martínez-Bordiú, de 63 anos, a 18 meses de prisão pelo delito de atentado à autoridade e 12 meses adicionais por condução temerária, indicou a fonte.

Além disso, terá que indenizar em 1.500 euros um agente que ficou ferido e em 2.720 euros a Guarda Civil pelo veículo danificado.

Franco Martínez-Bordiú dirigia um veículo com os faróis apagados em uma estrada em 30 de abril de 2012, quando ignorou a ordem de parar que lhe deram agentes da Guarda Civil.

Começou então uma perseguição até que a patrulha conseguiu deter o veículo, mas Franco Martínez-Bordiú, tentando escapar, deu marcha a ré e arremeteu contra o veículo dos agentes. Um deles ficou ferido e precisou de assistência médica.

Homem de negócios e personagem assíduo das revistas de fofoca na Espanha, Franco Martínez-Bordiú é o mais velho dos sete filhos da única filha de Francisco Franco, Carmen, falecida em dezembro aos 91 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade