Publicidade

Estado de Minas

Três venezuelanos feridos em incêndio intencional em Roraima


postado em 08/02/2018 18:06

A Polícia Civil investiga um incêndio intencional que na madrugada desta quinta-feira (8) deixou três feridos, eles eles uma criança, em uma casa onde viviam 13 imigrantes venezuelanos em Boa Vista, Roraima, informou o organismo.

Os três feridos pertencem a uma mesma família, um casal e sua filha de quatro anos, detalhou em comunicado a Polícia Civil, acrescentando que o fogo se propagou somente em um quarto.

Uma câmera de segurança instalada nos arredores da casa gravou imagens de um homem jogando gasolina e ateando fogo na casa às 04h00 locais, relatou o inspetor do caso, Cristiano Camapum, ao portal G1.

Esta cidade se viu transbordada nos últimos meses pela chegada de venezuelanos que fogem da crise econômica, política e social que atinge seu país. Cerca de 40 mil cidadãos da Venezuela vivem atualmente em Roraima, segundo cifras oficiais.

A menina de quatro anos tem queimaduras de segunda grau. "Seu quadro está estável, mas temos poucos detalhes do que aconteceu porque seus pais ainda não apresentaram uma denúncia", informou à AFP uma funcionária da Prefeitura de Boa Vista.

O pai da menina tem queimaduras em 25% do corpo, mas sua condição é estável. A mãe sofreu lesões menores que não precisaram de hospitalização.

Autoridades de Roraima denunciaram a falta de estrutura para atender esta onda migratória que poderia se agravar nos próximos meses devido à delicada situação do país governado por Nicolás Maduro, com uma inflação que chegará a 13.000% em 2018, segundo estimativas do FMI.

O incidente aconteceu poucas horas antes de uma comissão ministerial desembarcar em Boa Vista para uma breve reunião sobre a crise migratória.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade