Publicidade

Estado de Minas

Tillerson pede a Colômbia reverter tendência de cultivos de coca


postado em 07/02/2018 01:30

O chefe da diplomacia americana, Rex Tillerson, pediu nesta terça-feira ao presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, resultados para reverter a tendência ao aumento dos cultivos de coca.

"O mais importante é ver os resultados. Temos que ver a tendência se reverter", indicou a meios de comunicação Tillerson, que se declarou "extremamente esperançado" pela sua reunião em Bogotá com o presidente.

Santos enfatizou que estava de acordo com o secretário de Estado em que ambos os governos "têm uma responsabilidade compartilhada".

"Não há oferta sem demanda, nem demanda sem oferta", afirmou o presidente, após se reunir com Tillerson na presidencial Casa de Nariño.

Tillerson chegou nesta terça-feira a Bogotá como parte de sua viagem pela América Latina, que até agora o levou ao México, Argentina e Peru, e depois da Colômbia o levará a Jamaica.

Após anos de luta contra o narcotráfico com o apoio dos Estados Unidos, a Colômbia enfrenta um aumento significativo nos cultivos de coca, que atingiram níveis recorde em meio ao processo de paz com a ex-guerrilha das FARC.

O presidente americano, Donald Trump, assinou em setembro uma declaração na que manifestou sua preocupação "ante a expansão extraordinária" dos narcocultivos na Colômbia, e em outubro enviou uma carta a Santos pedindo sua ajuda para "diminuir a produção e o tráfico de drogas" no país.

Santos compartilhou nesta terça-feira com Tillerson o plano que está em andamento, que permitiu a eliminação de 54.000 hectares de cultivos de narcóticos no último ano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade