Publicidade

Estado de Minas

Surto de violência obriga a fechar principais vias do Rio


postado em 06/02/2018 19:48

As três principais vias do Rio de Janeiro foram fechadas temporariamente nesta terça-feira (6) por um protesto de vizinhos da comunidade da Maré depois que um adolescente morreu ao ficar preso em um confronto armado.

As forças de segurança entraram no complexo de favelas da Maré em resposta a uma denúncia de que policiais civis haviam sido sequestrados.

A tomada de reféns não foi confirmada, mas os agentes trocaram tiros com os traficantes, quando um bala atingiu um menino de 13 anos, segundo informaram organizações de direitos humanos e a imprensa local.

A violência se estendeu para Avenida Brasil, Linha Vermelha e Linha Amarela.

Imagens da emissora GloboNews mostravam barricadas improvisadas e pilhas de pedra e lixo que pegavam fogo bloqueando o trânsito, enquanto alguns motoristas ficavam expostos ao fogo cruzado entre policiais e traficantes.

O complexo da Maré inclui muitos bairros pobres nos quais vivem entre 130 e 140 mil pessoas.

Segundo estudos de uma rede de ONGs, na Maré houve 42 mortes por confrontos armados ao longo de 2017, o equivalente a uma morte a cada nove dias.

Outras 57 pessoas ficaram feridas durante operações policiais, ou confrontos entre facções criminosas, indicaram essas pesquisas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade