Publicidade

Estado de Minas

Congresso dos EUA pode prorrogar financiamento para adiar novo 'shutdown'


postado em 06/02/2018 15:42

A Câmara de Representantes do Congresso americano deve dar, nesta terça-feira (6), o primeiro passo para aprovar uma renovação temporária do financiamento do governo, diante da falta de um acordo que permita a definição de um orçamento federal.

Os deputados devem votar nesta tarde uma extensão do plano de financiamento até 23 de março, já que a última renovação temporária expira à meia-noite desta quinta-feira, dia 8 de fevereiro.

Caso as duas Câmaras não consigam aprovar a renovação, o governo será obrigado a fechar as portas novamente por falta de orçamento, o temido "shutdown" que já aconteceu entre 21 e 23 de janeiro.

O ano fiscal começou em 1 de outubro, mas republicanos e democratas não conseguiram definir e aprovar um orçamento federal válido para 2018. Desde então, o governo funciona a base de renovações temporárias de emergência.

Os democratas têm duas exigências centrais para participarem da aprovação do orçamento federal.

A primeira é o que o aumento previsto nos gastos em Defesa seja acompanhado de uma expansão dos gastos internos do país.

A segunda exigência é que o orçamento inclua um mecanismo para regularizar a situação de cerca de 690 mil imigrantes que ficaram desprotegidos com o fim do programa Daca.

Observadores políticos indicam que é possível que a renovação temporária do financiamento do governo seja aprovada na Câmara de Representes, mas indicaram que no Senado o cenário é mais difícil.

Para que a medida seja aprovada no Senado, são necessários 60 votos, mas os republicanos têm apenas 51 assentos. Assim, eles precisam obrigatoriamente do apoio de pelo menos uma parte da bancada democrata.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade