Publicidade

Estado de Minas

Petróleo fecha em alta após prorrogação de acordo da Opep


postado em 05/12/2017 19:25

Os preços do petróleo fecharam em alta nesta terça-feira (5), iniciando sua consolidação após o anúncio do acordo entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus sócios alcançado na última quinta-feira para manter a redução da oferta da commodity.

O barril de light sweet crude (WTI) para entrega em janeiro ganhou 15 centavos, a 57,62 dólares, no New York Mercantile Exchange.

Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte para entrega em fevereiro fechou a 62,86 dólares no Intercontinental Exchange (ICE), uma alta de 41 centavos.

"Em maio, o efeito dos cortes de produção sobre as reservas mundiais foi pouco sentido, e os mercados se decepcionaram pela manutenção do acordo sem redução de cotas", lembrou Gene McGillian da Tradition Energy.

"Desta vez, vimos uma redução significativa das reservas de petróleo e gasolina nos últimos quatro meses, a um nível não registrado em dois anos", constatou.

"O petróleo está agora em uma faixa de preços entre 56 e 60 dólares, e parece ter assimilado a reunião da Opep", opinou Andy Lipow da Lipow Oil Associates.

Umas das incógnitas acerca do futuro é a crescente produção americana - não submetida ao acordo do cartel.

"A produção americana alcançará 10 milhões de barris diários em um período de três a seis meses. Isso reduzirá os efeitos da decisão da Opep, apesar das previsões de demanda mundial serem altas. Se elas decepcionarem, devemos esperar uma reversão da tendência", alertou McGillian.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade