Publicidade

Estado de Minas

Estados Unidos anunciam que vão se retirar da Unesco

Alegação do país é o "preconceito contra Israel", segundo comunicado oficial


postado em 12/10/2017 10:25 / atualizado em 12/10/2017 10:40

Irina Bokova, diretora-geral da Unesco, afirmou
Irina Bokova, diretora-geral da Unesco, afirmou "lamentar profundamente" a decisão dos EUA (foto: (AFP Photo/Kena Betancur))
Os Estados Unidos anunciaram, nesta quinta-feira (12), a sua decisão de retirar-se da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), alegando "preconceito contra Israel", segundo um comunicado oficial.

 

Washington estabelecerá uma "missão de observação" nesta agência da ONU com sede em Paris, substituindo sua representação como membro, disse a porta-voz do Departamento de Estado americano, Heather Nauert. A diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, afirmou "lamentar profundamente" a decisão dos Estados Unidos.

 

"A universalidade é essencial para a missão da Unesco de construir a paz e a segurança internacionais em face do ódio e da violência através da defesa dos direitos humanos e da dignidade humana", afirmou Bokova.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade