Publicidade

Estado de Minas

Autoridades catalãs enviam carta sobre consulta popular ao premiê Mariano Rajoy


postado em 15/09/2017 08:55

Madri, 15 - Autoridades catalãs enviaram uma carta ao primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, pedindo por negociações em torno de uma consulta popular sobre a independência da Catalunha, inicialmente marcada para 1º de outubro.

Funcionários do governo espanhol rejeitaram a votação unilateral. Rajoy afirmou que uma reforma constitucional, por meio de uma forte maioria no Parlamento nacional, é o único caminho para uma votação legal.

Políticos separatistas lançaram a campanha pelo 'sim' na quinta-feira à medida que avançam com a votação, apesar da proibição de uma corte superior do país e de uma investigação criminal contra três dos quatro prefeitos catalães que apoiam o movimento.

Na carta, o presidente da Generalidad da Catalunha, Carles Puigdemont, e a prefeita de Barcelona, Ada Colau, também dizem que a Espanha lançou uma "ofensiva de repressão sem precedentes". A carta diz que uma cópia está sendo enviada ao rei Felipe VI. Fonte: Associated Press.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade