Publicidade

Estado de Minas

Freixos norte-americanos e antílopes africanos em risco de extinção


postado em 14/09/2017 18:01

As variedades de freixos mais comuns na América do Norte e os antílopes africanos estão em risco de extinção, alertou nesta quinta-feira a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) em sua última atualização da sua lista vermelha de espécies ameaçadas.

Os freixos norte-americanos estão ameaçados por um coleóptero (besouro) invasivo que dizima todas as populações destas árvores, enquanto cinco espécies de antílopes africanos estão seriamente afetadas pela redução dos territórios selvagens e pela caça furtiva.

Esta lista vermelha da IUCN também revela uma "queda dramática" do número de grilos e centopeias de Madagascar, assim como de Pipistrellus, uma espécie de morcegos da Ilha Christmas (oceano Índico).

A lista vermelha da IUCN tem atualmente 87.967 espécies inscritas, das quais 25.062 estão ameaçadas.

Em relação aos freixos, cinco das seis espécies mais comuns na América do Norte se encontram atualmente registradas na categoria "perigo crítico", etapa anterior à extinção.

Por outro lado, a nova atualização da lista vermelha indica que a situação do leopardo-das-neves melhorou. Agora a espécie se encontra na categoria "vulnerável", e não mais "em perigo", esta última mais grave.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade