Publicidade

Estado de Minas

Olivia Newton-John sofre retorno de câncer de mama


postado em 30/05/2017 20:25

A cantora Olivia Newton-John revelou, nesta terça-feira (30), a reincidência de seu câncer de mama, 25 anos depois de sua primeira e vitoriosa batalha que a transformou em uma defensora da luta contra a doença.

A estrela britânica informou que foi obrigada a adiar uma turnê pelos Estados Unidos e pelo Canadá, depois desse diagnóstico.

Olivia, de 68 anos, contou que se submeterá a um curto período de radiação, assim como a terapias naturais, assessorada por especialistas de um centro de pesquisa do câncer que leva seu nome em seu lar adotivo de Melbourne, na Austrália.

A cantora "acredita que voltará até o fim do ano, melhor do que nunca, para realizar seus shows", disse seu agente, em um comunicado.

Olivia Newton-John teve grandes sucessos desde a década de 1970 com canções de pop, folk e country, mas ficou mais conhecida por estrelar a comédia musical "Grease - nos tempos da brilhantina", de 1978, junto com John Travolta.

O primeiro diagnóstico de câncer de mama veio em 1992, quando ela também cancelou suas apresentações.

A experiência teve um grande impacto em Olivia, que se tornou defensora tanto da pesquisa sobre câncer, quanto de sua detecção precoce. Ela dedicou uma série de álbuns e shows à doença e arrecadou fundos para construir o centro de saúde em Melbourne.

A cantora já havia adiado a primeira metade de uma turnê americana, após se queixar de uma insistente dor nas costas. Depois de consultar os médicos, descobriu que a dor estava relacionada com o câncer de mama, o qual havia se espalhado até o osso sacro, nas costas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade