Publicidade

Estado de Minas

Chanceler alemã denuncia o caráter antimuçulmano do decreto de Trump


postado em 30/01/2017 12:25

A chanceler alemã Angela Merkel denunciou nesta segunda-feira o caráter antimuçulmano do decreto anti-imigração do presidente americano Donald Trump, que diz respeito a sete países majoritariamente muçulmanos.

"A luta necessária contra o terrorismo não justifica de forma alguma generalizar a suspeita contra as pessoas em função de sua crença, neste caso as pessoas de fé muçulmana, ou em função de sua origem", afirmou Merkel falando à imprensa.


Publicidade