Publicidade

Estado de Minas

Sobrinhos da primeira dama da Venezuela são presos por tráfico de drogas


postado em 18/11/2016 23:25

Caracas, 18 - Um júri federal culpou dois sobrinhos da esposa do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, de tentarem exportar 800 quilos de cocaína para os Estados Unidos, em um resultado que deve inflamar o relacionamento já deteriorado entre a Venezuela e Washington.

Efrain Antonio Campo Flores, de 30 anos, e Franqui Francisco Flores de Freitas, de 31, foram condenados a passar a vida na prisão, acusados de "conspiração de drogas".

Depois de menos de duas semanas de depoimentos, o júri de sete mulheres e cinco homens deliberou por cerca de seis horas e decidiu culpá-los.

Procuradores dizem que os sobrinhos estavam planejando enviar aviões carregados de cocaína a Honduras e depois para os EUA. Eles foram presos no ano passado pela Administração de Fiscalização de Drogas dos EUA no Haiti. Fonte: Dow Jones Newswires

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade