Publicidade

Estado de Minas

Vídeo mostra criança síria cantando antes de bomba explodir próximo a casa dela

Na semana passada, a imagem de um garoto de 5 anos limpando o sangue do rosto após uma explosão, também chocou o mundo


postado em 23/08/2016 08:33 / atualizado em 23/08/2016 08:49

Uma gravação que circula pela Internet mostra mais uma cena estarrecedora sobre a guerra na Síria: uma criança canta de forma feliz diante de uma câmera, até ser interrompida bruscamente pela explosão de uma bomba nas proximidades. Com o impacto, um adulto – que provavelmente fazia as imagens -, retira rapidamente a criança da sala. Não se sabe, ainda, se adulto e criança foram feridas e a gravidade destes ferimentos.


Na semana passada, outra cena da guerra na Síria também chocou o mundo. A imagem de Omran Daqneesh, de 5 anos, sendo resgatado de um prédio correu a imprensa de todos os países. O vídeo do resgate mostra o garoto assustado, limpando o rosto com as mãos e se assustando ao ver o sangue que escorria. Omran foi levado ao hospital e não corre risco de morte, mas o irmão mais velho dele, de 10 anos, morreu dias depois.

(foto: AFP / MAHMOUD RSLAN )
(foto: AFP / MAHMOUD RSLAN )

Segundo a Unicef, um terço das crianças sírias, juntamente com Omran, conheceram apenas a guerra. Segundo a organização, estas crianças "cresceram rápido demais" em um contexto de "violência, medo e desenraizamento". No total, o conflito afeta 8,4 milhões de crianças. "Há pelo menos 6 milhões que precisam de assistência humanitária urgente em todo país. E, das 600 mil pessoas que vivem em estado de sítio, metade delas são crianças", diz Juliette Touma, chefe da comunicação do Unicef para o Oriente Médio e África do Norte.

A guerra também privou pelo menos 2,8 milhões de crianças na Síria e nos países de acolhimento de ir à escola. Outras são forçadas a trabalhar ou se alistar nas fileiras dos beligerantes como crianças-soldados. A maior parte das meninas são forçadas a se casar cedo.

Com AFP


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade