Publicidade

Estado de Minas

Mulher inventa bomba para impedir o marido de viajar em aeroporto de Genebra


postado em 27/07/2016 11:16

Uma mulher que queria impedir que seu marido pegasse um voo provocou nesta quarta-feira um falso alerta de bomba no aeroporto de Genebra, informaram as autoridades suíças.

O Ministério Público de Genebra indicou que a mulher, de nacionalidade desconhecida, havia telefonado de Annecy (França).

O MP acrescentou que um processo penal foi aberto na Suíça, mas também em França.

De acordo com a Justiça suíça, uma mulher telefonou terça-feira à noite para a alfândega de Genebra para denunciar "a presença, hoje (quarta-feira), de uma pessoa com uma bomba no setor francês do aeroporto" Genève-Cointrin.

Informado pela polícia do aeroporto, o MP de Genebra identificou o número de telefone que foi localizado em Annecy, uma cidade nos Alpes franceses, perto da fronteira.

As autoridades francesas invadiram a casa correspondente e encontraram uma mulher que admitiu ter realizado o telefonema para "impedir a viagem de seu marido", sem dar mais detalhes.

Este falso alarme levou a polícia a reforçar o seu aparato de segurança no aeroporto de manhã.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade