Publicidade

Estado de Minas

Mercedes-Benz é processada por fraude nos EUA


postado em 18/02/2016 21:55

A Mercedes-Benz foi acusada nesta quinta-feira em um caso judicial pela venda de automóveis a diesel nos Estados Unidos que emitem níveis de óxido de nitrogênio superiores ao autorizado e por ocultar esse mecanismo ao órgão regulador do setor.

Apresentada em uma corte federal no estado de Nova Jersey, a ação coletiva relaciona 14 modelos de automóveis fabricados pela sucursal da Daimler Mercedes, que conteria a tecnologia fraudulenta.

De acordo com o texto da ação, as declarações da Mercedes de que sua tecnologia diesel chamada "BlueTEC" é a "mais limpa do mundo" são "enganosas e falsas".

"A Mercedes programou seus veículos BlueTEC para que desabilitem o sistema de redução de óxido de nitrogênio, quando a temperatura ambiental cai abaixo dos 10°C", o que produz emissões 19 vezes mais abundantes do que o limite nos Estados Unidos, alcançando, em alguns casos, um nível 65 vezes mais alto, acrescentou a demanda.

Um porta-voz da Mercedes disse que a ação não tem fundamento.

"Estamos revisando os documentos e nos defenderemos", declarou o porta-voz.

"Achamos que a demanda não tem mérito", completou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade