Publicidade

Estado de Minas

Na sequência da ONU e UE, Suíça diz que planeja afrouxar sanções ao Irã


postado em 21/10/2015 11:49

Geneva, 21 - O governo da Suíça disse que planeja "em princípio" afrouxar as sanções contra o Irã, em conformidade com a União Europeia (UE) e a Organização das Nações Unidas (ONU), na sequência de um acordo internacional sobre o programa nuclear de Teerã.

O Conselho Federal da Suíça disse nesta quarta-feira que instruiu o Ministério da Economia a preparar alterações das medidas tomadas contra a República Islâmica, que "abriu novas perspectivas para a cooperação com o Irã".

O movimento segue um acordo firmado em 14 de julho e plenamente adotado no domingo entre o

Irã e Grã-Bretanha, China, França, Alemanha, Rússia e os EUA, que visa atenuar as preocupações internacionais sobre o programa nuclear de Teerã. O Irã insiste que suas ambições nucleares são puramente para fins pacíficos, sem o intuito de fazer armas.

O governo suíço disse que as sanções permaneceriam até que o Irã realizasse um "plano de ação" descrito no acordo. Fonte: Associated Press.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade