Publicidade

Estado de Minas

Médicos cubanos que fugiram da Venezuela protestam por visto dos EUA


postado em 22/08/2015 21:19

Bogotá, 22 - Cerca de 100 médicos cubanos que desertaram uma missão humanitária na Venezuela e estão exilados na Colômbia há meses tentando obter visto para os Estados Unidos, protestam na capital, Bogotá, para chamar atenção para sua causa.

Os profissionais de saúde afirmam que estão com medo de que o atraso no processo de seus vistos, que estão dentro de um programa de 2006 que visa atrair talentos na área da medicina, pode ser um sinal de que o presidente dos EUA, Barack Obama, planeja acabar com o incentivo como parte de sua campanha para normalizar as relações diplomáticas com Cuba.

Usando jalecos e portando seus diplomas, os médicos cubanos se juntaram em uma praça em Bogotá e muitos descreveram que as péssimas condições e tratamento na Venezuela estão levando muitos cubanos a atravessar a fronteira para a Colômbia em busca de um novo começo nos Estados Unidos. Fonte: Associated Press.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade