Publicidade

Estado de Minas

Diplomata sueco é expulso de Moscou em represália


postado em 03/08/2015 15:07

Um diplomata sueco foi expulso de Moscou em resposta à recente expulsão de um russo por parte desse país escandinavo, anunciou nesta segunda-feira o ministério das Relações Exteriores da Suécia.

"As autoridades russas informaram-nos que um diplomata da embaixada da Suécia teve de abandonar o país (...) A Rússia indicou claramente que considerava isso como uma resposta à decisão da Suécia de expulsar um diplomata russo", indicou à AFP o porta-voz do ministério Johan Tegel.

Não foram divulgados os nomes ou os cargos que ocupavam os dois diplomatas.

O diplomata russo foi expulso por ter tomado medidas "incompatíveis com a Convenção de Viena", que rege as relações diplomáticas (desde 1964), salientou Tegel, sem dar mais detalhes sobre os atos que foram atribuídos a ele, nem a data exata da expulsão.

"Mas eu posso dizer que isso aconteceu recentemente", acrescentou.


Publicidade