Publicidade

Estado de Minas

Personalidades e políticos britânicos são investigados por pedofilia

Polícia não divulga a identidade dos supostos agressores, mas disse que entre há 261 pessoas famosas supostamente envolvidas


postado em 20/05/2015 15:29

Jimmy Savile, o popular apresentador da BBC, é suspeito de abusou de centenas de crianças(foto: AFP Photo/Adrian Dennis)
Jimmy Savile, o popular apresentador da BBC, é suspeito de abusou de centenas de crianças (foto: AFP Photo/Adrian Dennis)
A polícia britânica anunciou nesta quarta-feira que investiga mais de 1.4 mil suspeitos de abusos sexuais contra crianças que remontam a várias décadas, entre eles dezenas de políticos, atletas e personalidades do rádio e da televisão.

O Conselho nacional de chefes de polícia (NPCC) disse em um comunicado que as denúncias se multiplicaram desde que em 2012 explodiu o caso de Jimmy Savile, o popular apresentador de programas musicais da BBC, já falecido, que abusou de centenas de crianças ante a indiferença das autoridades.

Em resposta, a polícia lançou uma operação para investigar casos similares, "acusações de antigos abusos sexuais em instituições ou por gente de proeminência pública", que deu lugar à identificação de 1.433 suspeitos, explicou o NPCC em um comunicado.

A polícia não divulgou a identidade dos supostos agressores, mas disse que entre eles há 261 personalidades: 7 do mundo do esporte, 76 da política, 135 da televisão, do rádio e do cinema, e 43 da indústria da música.

Além dos 1.433 indivíduos - 216 dos quais já faleceram - há 357 instituições suspeitas de terem tolerado ou fomentado tais abusos, entre elas prisões para jovens, orfanatos, hospitais e escolas.

Estes números "dão uma ideia da escala de abusos sexuais que a polícia investiga", disse o chefe da polícia Simon Bailey, responsável pela investigação.


Publicidade