Publicidade

Estado de Minas

Japão registra superávit comercial


postado em 21/04/2015 23:52

O Japão registrou em março um superávit comercial, o primeiro desde junho de 2012, devido à queda dos preços do petróleo e ao vigor das exportações, anunciou nesta quarta-feira o ministério japonês da Fazenda.

As exportações do Japão cresceram 8,5%, enquanto as importações caíram 14,5%, o que resultou em um superávit comercial de 229,260 bilhões de ienes ou 1,9 bilhão de dólares, segundo o ministério.

No mesmo período de 2014, a balança comercial japonesa apresentou um déficit de 1,45 bilhão de ienes e para março deste ano, a previsão dos economistas era de um excedente de 45 bilhões de ienes.

O valor das importações de petróleo caiu 50,7%, o de derivados do petróleo, 38,3%, e o de gás liquefeito, 12,3%.

Já as exportações cresceram 21,3% para os Estados Unidos, 9,1% para a União Europeia, e 3,9% para a China.

Este excedente comercial em quase três anos representa uma boa notícia para o governo do conservador Shinzo Abe e para o Banco do Japão (BoJ), que tenta há dois vencer a deflação e reativar uma economia prejudicada pelo aumento de 5% a 8% do IVA no ano passado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade