Publicidade

Estado de Minas

Detecção de toxinas utilizando peixe-zebra é premiada em Genebra


postado em 17/04/2015 21:01

A empresa chinesa Vitargent Internacional recebeu nesta sexta-feira o Grand Prix do Salão Internacional de Invenções em Genebra pelo sistema de detecção de toxinas usando embriões de peixes-zebra transgênicos.

"A empresa usa embriões de peixes-zebra, cujas reações nos permitem estudar mais de mil toxinas simultaneamente", explicaram os organizadores do salão em comunicado.

Este método se aplica a vários campos, desde alimentos a cosméticos, passando por medicamentos, produtos de plástico, água ou qualquer produto em contato com as pessoas.

O sistema baseia-se na reação dos embriões "transgênicos" a agressões bastante específicas. Neste sentido, a fluorescência dos embriões ou sua deformação servem como indicador das matérias analisadas .

Os embriões reagem entre 48 e 72 horas após a inoculação do produto a ser testado.

Este concurso suíço, cuja 43ª edição termina neste domingo, é uma vitrine para muitos objetos técnicos com aplicação na indústria, agricultura, medicina, proteção ambiental, construção, lazer e segurança.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade