Publicidade

Estado de Minas

Londres reforçará o dispositivo militar nas Malvinas


postado em 24/03/2015 10:22

O ministro da Defesa britânico, Michael Fallon, anunciou nesta terça-feira que reforçará o dispositivo militar nas Malvinas (Falklands, para os ingleses) porque continua existindo uma ameaça muito séria a este arquipélago reclamado pela Argentina.

"É uma ameaça muito séria, temos de responder a ela e responderei nesta tarde", declarou Fallon em uma entrevista à rádio BBC Radio, aludindo ao comparecimento que fará no início da tarde ao Parlamento para divulgar detalhes deste plano.

"A ameaça aparentemente persiste, e também nosso compromisso de totalmente claros de que os habitantes da ilha têm o direito de continuar sendo britânicos e o direito de ser corretamente protegidos por ossas forças", acrescentou.

"Necessitamos modernizar nossas defesas lá, assegurar que temos tropas suficientes e que as ilhas estão defendidas de forma correta", acrescentou.

Em 1982, a ditadura argentina invadiu as Malvinas/Falklands e isso desatou uma guerra que terminou com a rendição argentina, depois de 74 dias de combates, e 649 argentinos e 255 britânicos mortos.

O anúncio de Fallon acontece depois que a imprensa britânica disse que a Rússia ofereceu aviões de bombardeio à Argentina.

"Esse acordo em particular não foi confirmado", afirmou o ministro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade