Publicidade

Estado de Minas

Massa de ar polar provoca recorde de frio em Cuba


postado em 20/02/2015 20:01

Uma massa de ar polar, que afetou os Estados Unidos, atingiu Cuba, onde nesta sexta-feira foi registrado um recorde de temperatura mínima, de apenas um grau Celsius, informou o Instituto de Meteorologia.

Segundo a fonte, nesta madrugada, na estação meteorológica de Unión de Reyes, 120 km ao leste de Havana, "foi registrada a temperatura mais baixa da atual temporada de inverno (no hemisfério norte), com o registro nos termômetros de um grau Celsius", um novo recorde para fevereiro, informou a agência cubana AIN.

Em Havana, onde raramente as temperaturas descem abaixo dos 23 graus, a mínima foi de apenas 13 graus, segundo o Instituto, obrigando seus 2,2 milhões de habitantes a vestir as poucas roupas de frio que têm, inclusive gorros e cachecóis de lã.

"Estas temperaturas se deveram à forte influência de uma massa de ar fria e muito seca de origem ártica, combinada com a pouca nebulosidade em regiões do interior do leste (donde fica Havana) e central", informou a AIN.

"A estação meteorológica de Unión de Reyes, na província de Matanzas, reportou uma temperatura mínima de 1 grau Celsius, o que constitui um novo recorde de temperatura mínima para o mês de fevereiro (...), já que o anterior era de 2,5 graus Celsius e foi reportado em 18 de fevereiro do ano 1996", reportou a agência.

A marca "igualou o recorde absoluto, que era de 21 de janeiro de 1971, com 1 grau Celsius", acrescentou.

A onda de frio na ilha tropical ocorreu no meio da alta temporada de turismo, que atrai a cada ano milhares de visitantes canadenses e europeus, em busca de praia e calor.


Publicidade