Publicidade

Estado de Minas

Alerta de poluição na Inglaterra


postado em 02/04/2014 09:10

Uma grande nuvem de poluição cobria nesta quarta-feira a cidade de Londres e grande parte da Inglaterra, criticados pela Comissão Europeia pela má qualidade do ar que os britânicos respiram e pelos elevados níveis de contaminação.

A situação, que pode prosseguir até sexta-feira, foi provocada pelas emissões locais, a contaminação industrial procedente do continente europeu e a poeira da areia do Saara, carregada pelos ventos do sudeste, segundo o ministério do Meio Ambiente.

Apesar do clima ameno para a época do ano, com temperaturas de até 20 graus na capital, o ministério do Meio Ambiente recomendou às pessoas vulneráveis que evitem esforços intensos a céu aberto.

Em algumas regiões do sul e do leste do país os níveis de contaminação devem alcançar nesta quarta-feira nove ou 10 em uma escala que vai até 10, segundo as previsões oficiais.

Uma nuvem de poluição era observada na cidade de Londres durante a manhã e ao longo das avenidas os automóveis, incluindo o do primeiro-ministro David Cameron, estavam cobertos de uma fina película de areia vermelha.

Em 20 de fevereiro, a Comissão Europeia iniciou procedimentos jurídicos contra o Reino Unido por descumprir a obrigação de reduzir os níveis excessivos de dióxido de nitrogênio (NO2), um gás tóxico produzido fundamentalmente pelos veículos.


Publicidade