Publicidade

Estado de Minas

Detecção do vírus da gripe aviária na China é difícil


postado em 11/04/2013 11:55

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) classificou nesta quinta-feira de "bastante excepcional" a situação criada pelo vírus H7N9 da gripe aviária, que já deixou ao menos dez mortos na China, já que sua detecção é muito difícil nas aves.

"Segundo a informação disponível atualmente, enfrentamos uma situação bastante excepcional, já que o vírus influenza é muito pouco patógeno no caso das aves, mas pode provocar uma doença grave nas pessoas infectadas", declarou o doutor Bernard Vallat, citado em um comunicado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade